Logomarca Auris Unitron

MARINGÀ

44

3262 3624

LONDRINA

43

3322 3080

Logomarca Grupo Micro Som
artigos
  • 14/06/2009

    Próteses Implantáveis

    Pacientes com perdas auditivas de grau moderado ou severo a profundo do tipo neurossesorial, 

    mista ou condutiva, podem se beneficiar audiológica e socialmente com a utilização de próteses auditivas externas (AASI - aparelho de amplificação sonora individual), ou de próteses cirurgicamente implantáveis como alternativa para quem não tem benefício com as próteses externas.
    Apesar da tecnologia das próteses auditivas externas, existem pacientes com perda auditiva que ainda relatam baixa qualidade sonora, e pacientes com perda auditiva mista ou condutiva que referem desconforto físico da prótese, infecções provenientes do uso de molde e intolerância, como principal desmotivação para uso de AASI.
    O paciente deverá ser submetido à avaliação médica com especialista em otorrinolaringologia e avaliação audiológica, onde serão incluídos testes com próteses auditivas externas a fim de esgotar as possibilidades de sucesso com as diversas tecnologias existentes no mercado.
    A partir de então será indicada a aplicação de prótese implantável cirurgicamente.

    Existem no mercado várias opções, e as mais conhecidas são:

    • B.A.H.A. (Boné Anchored Hearing Aid) 
    • Vibrant soundbridge 
    • Implante Coclear 
    • Implante Auditivo de Tronco Cerebral (ABI)

    ***BAHA 
    O sistema BAHA é destinado a pessoas com perda auditiva condutiva ou mista, e surdez unilateral. Utiliza a condução óssea direta, o que permite que o osso craniano transfira o som a uma cóclea funcional, não utilizando o conduto auditivo externo e ou ouvido médio, assim beneficiando também pessoas que sofrem de infecções crônicas no ouvido, agenesias ou estenose de conduto.

    ***Vibrant Soundbridge: 
    É uma prótese auditiva cirurgicamente implantável de orelha média, indicada alternativa para o tratamento de perda auditiva sensório-neural, mista ou condutiva de grau moderado a severo, composta basicamente por duas partes, uma externa, chamada "processador de audio digital" e outra parte interna que é implantada em um ossículo, que transmite o sinal chamado Prótese ossicular vibratória (Vibranting Ossicular Prothesis - VORP).
    O funcionamento geral do dispositivo Vibrant soundbridge baseia-se na transmissão do som pelo processador de audio, pela pele, para o receptor interno no VORP.

    ***Implante Coclear: 
    O I.C. fornece impulsos elétricos para a estimulação das fibras neurais em diferentes regiões da cóclea, possibilitando ao paciente a capacidade de perceber o som. Foi projetado para simular a audição natural em pessoas que apresentam perda auditiva neurossensoriais severa a profunda bilateral. Desempenha a função das células ciliadas na cóclea, pois é um dispositivo eletrônico de alta tecnologia (ouvido biônico) que estimula eletricamente as fibras nervosas remanescentes, permitindo a transmissão de sinal elétrico para o nervo auditivo, a fim de ser decodificado pelo córtex encefálico.

    ***Implante Auditivo de Tronco Cerebral (ABI)
    Quando se necessita restaurar a função auditiva de pessoas cuja causa da perda auditiva não possibilita a aplicação do Implante Coclear, indica-se o ABI.
    A alternativa de estimular diretamente o núcleo do nervo auditivo, localizado no tronco cerebral, é possível com a aplicação deste equipamento especificamente criado para transmitir o som diretamente ao tronco cerebral, se este paciente não possui a cóclea e o nervo auditivo funcionantes.
    Os pacientes surdos devido a tumores que acometem ambos os nervos auditivos, são as melhores indicações do ABI, pois no mesmo ato cirúrgico 
    da exerese do tumor, faz-se a aplicação do Implante, como na neurofibromatose tipo II.

    Há indicações outras como nas:
    - Cócleas ossificadas.
    - Má formação da cóclea que impeça a colocação dos eletrodos do implante coclear.
    - Agenesia congênita de cóclea ou nervos auditivos bilateralmente.

    Fga. Michelle Furlaneto
    Especialista em audiologia.
    Audiologista do corpo clínico da CLINICA ORLEY FERRAZ
    Londrina - PR

    voltar