Logomarca Auris Unitron

MARINGÀ

44

3262 3624

LONDRINA

43

3322 3080

Logomarca Grupo Micro Som
artigos
  • 03/07/2009

    CADI-Apucarana desenvolve projeto de Triagem Auditiva em Escolares

    A Triagem Auditiva em Escolares têm como objetivo principal, identificar precocemente alunos que possam ter uma Perda Auditiva, sem sintomas aparentes,para que sejam realizados os encaminhamentos necessários para um diagnóstico preciso, buscando sanar ou minimizar os efeitos que esta Perda Auditiva venha acarretar nos processos de linguagem e no desenvolvimento sócio emocional do educando.
    A alta ocorrência de alterações de Ouvido Médio e alterações no Sistema Auditivo Periférico ( Malformações e Lesões na orelha média e interna), podem levar a Perdas Auditiva que comprometem o comportamento escolar (*Crianças com Perda Leve – até 30 dB NA podem perder até 40% do que é dito em sala de aula e quando a Perda é de 40 dB NA, podem perder até 50 %).
    O Cadi – Centro de Audiologia e Diagnóstico Integrado, mantido pela Apae de Apucarana, está desenvolvendo o Projeto ” Triagem Auditiva Escolar”, que realiza Triagens Auditiva nos alunos da Escola de Educação Especial de Apucarana. O Projeto contempla desde os bebês recém-nascidos até alunos da terceira idade, com o objetivo de identificar possíveis alterações auditivas,congênita ou adquirida, que possam vir a comprometer o desenvolvimento global dos alunos.
    As avaliações são realizadas com exames objetivos ( Imitânciometria e Emissões Otoacústicas) em um primeiro momento, onde se encontrada qualquer alteração, o aluno é encaminhado para avaliação auditiva completa (Audiometria Tonal e Potencial Evocado de Tronco Cerebral- Bera) e avaliação com Otorrinolaringologista.
    O Projeto foi implantado há 09 meses, onde a família é informada e autoriza por escrito a realização da Triagem Auditiva. Todos os procedimentos oferecidos dentro do Projeto,aos alunos da Entidade, ocorrem sem ônus as famílias.


    Desde sua implantação, foram atendidos 146 (Cento e Quarenta e Seis ) alunos, com múltiplas deficiências ( Síndrome de Down, Deficiência Mental, Síndromes Associadas entre outras).

    A tabela abaixo demonstra os resultados obtidos nessas avaliações:

    Avaliados 146 alunos
    Normais 95 alunos ( 65%)
    Alteradas 51 alunos ( 35%)
    Presença de Cêrumen 35 alunos ( 24%)
    Alterações de Ouvido Médio (Cêrumen e Otite Média) 16 alunos ( 11%)
    Perda Auditiva Mista 02 alunos (1,36%)
    Perda Auditiva Sensorioneural 06 alunos (4,10%)
    Alunos Protetizados 08 alunos ( 5,47%)


    Embora o estudo ainda não esteja finalizado, percebe-se a importância da Triagem Auditiva em escolares, pois existe uma prevalência de alterações de ouvido médio, que foram avaliadas e tratadas por médico otorrinolaringologista, assim como alunos que foram beneficiados com o uso de Próteses Auditiva. Muitas vezes essas alterações podem passar despercebidas e trazem sérias consequências para o desenvolvimento de linguagem, comprometendo o comportamento escolar e alterando as relações sociais.

    * Flexer,1999



    - Ana Paula Maistro
    Fonoaudióloga formada pela UNOPAR- Universidade do Norte do Paraná
    Coordenadora do Cadi – Centro de Audiologia e Diagnóstico Integrado da Apae de Apucarana;
    Especialista em Audiologia Clínica pelo Cefac – Centro de Especialização em Audiologia Clínica

    voltar